Diário de Dona Maria Cecília por Gabriela #1


Dona Maria Cecília, minha avó, sempre pedia para que eu fizesse um diário.  Dizia que quando a velhice chegasse, minha memória falharia e os detalhes se perderiam no tempo. E eu pensava, que hoje em dia, com a Internet, diários não eram necessários, eu posso muito bem fazer um Blog e escrever minhas coisas inúteis lá.
Outro dia ela chegou em casa, com um caderno antigo e surrado nas mãos, e me disse “Quando eu tinha a sua idade, comecei esse Diário. Ele me acompanhou nos momentos mais difíceis e mais alegres da minha vida.” Falando isso me entregou seu caderno e foi para a cozinha com minha mãe, seu sorriso meigo e sábio no rosto.
Eu amava muito a minha avó, mas essa história de diário adolescente não me convencia.  Como tinha nada para fazer e estava com uma pontinha de curiosidade,  fui para o meu quarto e decidi folhear o tal caderno.
A capa era velha e marrom. As folhas manchadas pelo tempo. Na primeira delas estava escrito.
Sempre sonhei em fazer isso, colocar meus pensamentos no papel. Um dia vou olhar para este caderno e ter a certeza de como foi bom registrar esses momentos.”
A letra de minha avó não era das melhores. Mas continuei folheando.
12 de Agosto de 1948,
Estou confusa e agitada até agora. Paulo acaba de voltar para sua casa, a poucos minutos atrás dei meu primeiro beijo.”
Levei um susto lendo isso, nesta época minha avó devia ter 18 anos. Como alguém pode beijar pela primeira vez com essa idade? E ainda mais viver com esta pessoa toda uma vida? Paulo é meu avô.
Nesse momento meu pai bateu na porta, fechei o caderno e mandei ele entrar. Estava como sempre fica em casa, chinelo velho, bermuda, camisa gola V, e era encantador. Nada disse e sentou ao meu lado. Olhei para ele com o ar de “posso saber  por que veio me perturbar no meu espaço?”, ele sorriu e disse “Gabriela, sempre defensiva” riu e continuou “Esse é o diário da sua avó?” Incrível como até meu pai sabia da existência dele. “Sim pai, ela me... emprestou”. Foi a vez dele me lançar o olhar de “pode falar que não está interessada nisso”. Ele me conhece bem.

 - A história vai ser contada em partes pela personagem Gabriela em posts, aguardem os próximos  - 


Ganhei esses selos (os doze primeiros) do Marcos, e passo eles para quem comentar este post (:

24 comentários:

Leticia disse...

Ameei, quero saber mais da história, to curiosa vc sabe como eu sou.
e vc ainda tem diário?
quero fazer um esse ano, tem coisas que eu não posso esquecer, são lembranças importantes.

Beijos amiga, saudades.

Bárbara Matos disse...

Oi amiga. A Gabriela (personagem) vai continuar contando sua história (:
Diário não tenho mais, mas tenho um caderno onde escrevo meus textos, onde comecei esse.
Faz sim, eu sempre gostei *-*
Bjos, saudades².

Manuella Monte Santo disse...

Quero ler mais histórias da Gabriela.
E ah, Ana Sol e Pedro Lua, tem continuação sim. =)
Nas próximas postagens irei contando mais sobre a história do casal.
Beijos.

Bárbara Matos disse...

Adorei Manu, ideias parecidas (:

Kamilla Rodrigues disse...

é como se fosse sei la, um livro da sua vida.
eu axo muito legal, mas n sei se faria.
=*
ah postei o questionário. =*

Walk On The Moon disse...

Gostei da história, quero ler mais .
beijo.

Marcos de Sousa disse...

Isso que eu acho de amor. Beijar uma pessoa e ficar com ela o resto da vida.

Luzia Medeiros disse...

Muito legal o seu blog. Desde os meus onze anos que escrevo em diario, nas horas tristes ele é a minha melhor companhia, mas, agora escrevo bem menos, pois estou mostrando meus sentimentos no blog. seguindo aqui.

Marcos de Sousa disse...

Indiquei-lhe ao selo “top blog 2010”. Corre para pegar o seu presente.

http://omundosobomeuolhar.blogspot.com/p/presente-para-voce.html

Beijos

Pense Nisso... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pense Nisso... disse...

gostei muito ... estou seguindo ;* beijos!
da uma olhadinha no meu: http://anpensenisso.blogspot.com/

Amanda Leocádio disse...

Adorei a história e fiquei com vontade ler o resto! Queria que minha avó tivesse um diário :/ Sempre tentei escrever em diários, mas sempre os abandonava em fevereiro!

Beijos, Amanda.

Mulher Vitrola disse...

Eu tive diário de 7 anos de idade até os 18. Depois parti pro mundo dos blogs, rs.
Gostei da história... espero voltar mais vezes aqui e ler o restante ^^

beijos! E muito obrigada por participar da campanha :)

Luiz Guilherme disse...

que legal...eu também tenho um diário...um esta nos arquivos, e outro esta sendo concluído...ainda gosto desse lance de escrever a mão...é a essência de toda nossa escrita.e é isso...

http://guilg7.blogspot.com/

vlw...

Long Haired Lady disse...

minha tia me me incentivou tanto , comecei alguns, mas nunca fui adiante.
gostaria de ter escrito meus sentimentos mais profundos.

beijo!

Barbarella disse...

Oieee, tenho selinhos pra vc linda! http://devaneiosdebarbarella.blogspot.com/2011/01/selinhos-que-ganhei.html bjs

Ligia L. disse...

ooi, que blog liindo *--*
tbm adorei aqui, estou seguindo.

Eu sempre quis escrever num diario, mas nunca tive paciencia U.U

beeijos

Marcos de Sousa disse...

A continuação da história sai ou não sai? hauahassahsausahsauhsausa

Beijos Bárbara

Ana Agarriberri disse...

Aaai, fiquei curiosa. Avisa quando sair a continuação.

Gostei daqui. Seguindo-te. Beejo,beejo. =)

The Female disse...

gostei bastante do blog, parabéns.
visita o meu... http://www.blogthefemale.blogspot.com/

Simone Oliveira' disse...

Adorei essa história! Queria ler maiis !!!!
Querida, passei pelo seu blog e achei um amor!
Seguindo, ok??

Bjoo

Emi disse...

Qua apaixonante...Tudo o que envolve diários sempre me soa tão meigo! E a ideia com base no diário de uma avó foi ótima, muito linda.
Pretendo acompanhar a história.
Beijos, querida! Adorei o blog!

Moo disse...

Bela história. Estou aguardando a continuação (:
Obrigada pelos selos!
Beijos, Moo.

Elena disse...

Aii, eu acho essas histórias tão lindas i.i de diários e tal. tenho vontade de escrever um pra valer pra ter essa sensação depois, sabe? de abrir e ver como eu pensava na época e como as coisas que eu desejei aconteceram (ou não). tô na expectativa para a continuação!
beijos

Postar um comentário

 
Layout de Giovana Joris