Opiniões sobre o Amor - Natal



     A quase duas semanas atrás, passei no shopping antes de ir viajar. Enquanto lavava minhas mãos no banheiro, três mulheres de uniformes de lojas diferentes entraram falando sobre o namoro de uma delas (vamos chamá-la de Cleonice). A Cleonice namora a seis anos, e diz que ama muito o Robson (é eu sei que escolho péssimos nomes), que agradece todas as noites por ter ele e blá blá. Já a Margareth e a Ângela (as outras duas vendedoras) diziam que era ilusão e que elas já tinham se apaixonado várias vezes e acabava sempre igual: sofrimento. Que o fato de eles estarem juntos a seis anos era por não se verem todos os dias e que ela não conhecia todos os “podres”dele (me diz, como  é possível não conhecer os defeitos de uma pessoa, quando se namora a seis anos com ela?).                                                                      
     Não importava o quanto as amigas dela eram contra, simplesmente as ignorava. Acredito que se ela (vou parar de chama - lá de Cleonice) realmente diz que é amor para as suas amigas (por que vamos combinar meninas, pra algumas amigas falamos sempre a verdade, inclusive e principalmente sobre namoros), é por que é realmente amor, e ponto final. Já que ela sente, é a que pode afirmar.                                                                      
     E as amigas? (é, chega de Margareth e Ângela também). Por que elas não acreditam no amor verdadeiro? Já que foi isso que elas deixaram passar. Acho que tem dois pontos ai, o delas realmente serem acostumadas a desilusões por experiência própria; ou não gostavam do suposto Robson e era o modo mais fácil de mostrar isso.           
     Confesso que acredito bem mais na primeira hipótese, por que esse tipo de situação existe mesmo. Mas acredito também que não é motivo pra desanimar outra garota sobre o relacionamento dela. Talvez as amigas tenham apenas que confortar caso algo aconteça, ou alertar se garoto realmente não for boa pessoa, não por que acreditam que os namoros têm sempre o mesmo fim. Até por que cada pessoa é diferente, cada casal é diferente, cada história, ou relacionamento também. Não existe um rótulo dizendo: vocês vão se apaixonar, serão felizes por um tempo, depois se decepcionaram, fim. Bobagem, façam suas histórias, por que elas serão sempre do seu jeito, mesmo que no fim tenha decepção rs.

Hey, qual sua opinião sobre o amor? (:

----------------------------------------------------------------------------------------------------


Feliz Natal a todos, não sou muito boa nisso, então tudo de bom! 

6 comentários:

Flávia - Compartilhando Idéias... disse...

Oi Bárbara!
É muito triste presenciar uma cenas como esta.
Infelizmente isso é tão natural hoje em dia...
As pessoas acreditam cada vez menos no amor.

Ainda bem que ainda "restam" pessoas como nós não é Bárbara?
Pra você ter uma idéia, se eu decidisse me basear nos casamentos da minha família, jamais acreditaria na união eterna, no casamento duradouro, na fidelidade, muito menos no amor.

No entando, deixei de lado e sempre vivi com a filosofia de que não é só porque aconteceu com o vizinho que vai acontecer com a gente.

Casei e sou super hiper mega feliz!!!!!!!

Já pensou se eu tivesse generalizado e sempre pensado que casamentos acontecem para trazer sofrimentos??

Isso é uma questão muito individual. Eu e você somos mais otimistas assim como a apaixonada "Cleo"! rsrs

Adorei seu insight sobre o assunto.
Bjs

FELIZ NATAL QUERIDA!!!

Bárbara Matos disse...

Pois é Flávia, postei essa minha experiência por que, como você, acredito também no amor. Você é um ótimo exemplo na sua família, assim como a "Cleonice" com as amigas dela. Até por que se a gente não acredita no amor, em que vamos acreditar? E também não é o amor só entre casais, mas todos os outros ;D
Obrigada pela troca de experiência Flávia, Bjos.

Thaís disse...

Parceria mais do que aceita!
Beijos flor! :*

www.ratas-de-biblitoeca.blogspot.com

Kamilla Rodrigues disse...

existem vario tipos de amor. e todos tem uma forma especial e única.
quanto ao meu coment.
eu queria muito fazer parceria, mas eu mal tenho assunto pra um blog só. ja fiz outro q exclui, e as vezes entro super rápido no meu. sou uma preguiça só.
beijinhos

Marcos de Sousa disse...

Têm uns selinhos para você no meu blog. Depois passa lá para buscar.

http://omundosobomeuolhar.blogspot.com/2010/12/desabafo.html

Beijos e um feliz ano novo!

Bárbara Matos disse...

Esse Marcos *--*

Postar um comentário

 
Layout de Giovana Joris